quinta-feira, março 11, 2010

quando uma modelo WOWWWW a passarela

Acabou nessa quarta-feira a semana de moda de Paris. Boas coleções foram apresentadas, muitas roupas para o mundo real, reflexo da crise e da necessidade das grandes marcas em ganhar dinheiro para mover seus negócios adiante, mas um fator chamou a atenção desde o primeiro dia, ou, na verdade, desde a apresentação da coleção da Prada em Milano.

Modelos muito diferentes das que costumamos ver nos desfiles invadiram a passarela, modelo que representam o mundo real, das mulheres com curvas e porte. Assim como na Prada, outras marcas usaram e abusaram da constelação paga a preço de ouro pela gigante Victoria’s Secret. Inclusive as veteranas, como Karolina Kurkova estiveram presentes nas passarelas de Paris e causaram nas apresentações.

Assim como as “modelos da vida real”, pode ser visto uma grande diversidade de raças e credos, Jean Paul Gaultier e Givenchy foram os grandes destaques nessa categoria, e modelos como Rose Cordero (capa da Vogue Paris) e a brasileira estreante Lais Ribeiro, entre outras multicoloridas, puderam mostrar toda sua versatilidade.

No entanto, nem sempre o fator “wow” acontece por um casting estelar e autêntico, não que isso não tenha seu valor – tem muito, por sinal – diversidade é a palavra de ordem nos dias atuais. Modelos como Raquel Zimmermann (Chloé) e Lily Cole (Hermès) simplesmente levaram apresentações na cidade luz para outro nível... Profissionalismo, perfeição, beleza... Tudo na medida certa, mostrando que modelar é muito mais que andar em linha reta, é interpretar uma roupa, um conceito, um estilo... Outras que se destacam na arte e sempre são ótimas referências são Abbey Lee, Sasha Pivovarova, Anna Selezneva, Karlie Kloss e Lara Stone.

Moda é arte e essas meninas mostraram/mostram como a arte pode caminhar e emocionar, construir verdadeiras imagens em movimento. Vida é arte!!!


***

"Just finished Wednesday Pari Fashion Week. Good collections were presented, many clothes for the real world, a reflection of the crisis and the need for major brands to make money to move their businesses forward, but one factor has drawn attention from day one, or indeed by the time the collection of Prada in Milan was presented.
Models very different from what we see in fashion overran the runway, model representing the real world, women with curves and size. As with Prada and other brands used and abused the constellation paid the price of gold by the giant Victoria's Secret. Even the veterans like Karolina Kurkova attended the catwalks of Paris and make the presentations.
Like the "real-life models", can be seen a great diversity of races and creeds, Jean Paul Gaultier and Givenchy were the major highlights in this category, and models such as Rose Cordero (cover of Vogue Paris) and the Brazilian rookie Lais Ribeiro, among other multicolored could show their versatility.
However, not always the factor of "wow" happens for a stellar casting and authentic, not that it does not have its value - is likely, by the way - diversity is the watchword today. Models like Raquel Zimmermann (Chloe) and Lily Cole (Hermes) simply led presentations at the city of light to another level... Professionalism, perfection, beauty... Everything just right, showing that model is much more than walk straight, is playing a role, a concept, a style ... Others who stand out in the art and are always great references are Abbey Lee, Sasha Pivovarova, Anna Selezneva, Karlie Kloss and Lara Stone.
Fashion is art and these girls showed/show how art can walk and emotion to build real moving images. Life is art! (Translated by Google)"

2 comentários:

Marília disse...

Adorei esse post. a boa modelo incorpora mesmo e vem daí esse WOW. E vamos combinar que a roupa ajuda tb, né? Porque a mesma raquel nao causa o mesmo WOW com a animale ou vai falar que vai? Bom, sem querer babar ovo na gringaiada, mas eles sabem valorizar o espetáculo. coleçao mega bem feita e o beauty inteligente fazem mega a diferença.

Mário Araujo disse...

concordo com vc... e eles não tem medo de ousar... aqui temos qualidade, boas modelos, mas todos morrem de medo de fazer diferente... ae fica na mesma babação de ovo de sempre... mesmo estilistas sempre ótimos, mesmos estilistas sempre ruins e modelos que não fazem nenhum sucesso lá fora sendo o máximo!!!!
btw, alguém consegue me explicar que merda é essa coisa da monange e pq carol, isabeli e izabel tão fazendo essa merda??? $$$ elas ganham lá fora, né? não precisam disso. #ficoputocomessascoisas

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin